Como fazer um Estatuto de uma Igreja Evangélica

COMO FAZER ESTATUTO IGREJA EVANGELICAUma Igreja Evangélica passa a existir de forma legal a partir do seu ato constitutivo, que é o registro do Estatuto Social em um Cartório Civil de Registro de Pessoas Jurídicas, e consequentemente com a obtenção do seu CNPJ junto à Receita Federal. Sendo assim, o Estatuto de uma Igreja Evangélica é essencial para a abertura da mesma.

Porém, temos vivenciado em nosso dia a dia aqui no escritório, através das Igrejas Evangélicas que recebemos como nossos clientes, que boa parte das Igrejas não são orientadas de forma correta no momento de elaborar o seu Estatuto. Por isso, listamos abaixo, todos os detalhes de como fazer um Estatuto de uma Igreja Evangélica.

Como fazer um Estatuto de uma Igreja Evangélica: Regras

Não existe um modelo padrão de Estatuto para Igrejas Evangélicas, pois cada Igreja tem sua forma de governo e sua forma peculiar de tratar diversos assuntos. Por isso, não é recomendável a utilização de modelos de estatutos de outras Igrejas.

Porém, o Estatuto de uma Igreja Evangélica deve conter algumas informações obrigatórias para seu registro. O Código Civil, no artigo 46, determina as informações que devem constar no Estatuto. São eles:

  • a denominação, os fins, a sede e o tempo de duração da Igreja;
  • o modo de administração e representação, de forma ativa e passiva, judicial e extrajudicial;
  • se o ato constitutivo da Igreja pode ser alterado, no tocante à administração, e de que modo;
  • se os membros da Igreja respondem, ou não, subsidiariamente, pelas obrigações sociais;
  • as condições de extinção da Igreja e o destino do seu patrimônio, caso ocorra.

Com essas informações definidas, já é possível começar a montagem do Estatuto. Porém, existem outros pontos que devem receber atenção especial.

Como fazer um Estatuto de uma Igreja Evangélica: Diretoria

Um Igreja Evangélica, embora possua a direção de um lider espiritual (normalmente um bispo, pastor ou presbítero), deve possuir uma diretoria administrativa, que tem a responsabilidade de administrar os bens, as contas bancárias e fiscalizarem tudo o que acontece na instituição.

A escolha da diretoria influencia de forma direta no modelo de governo da Igreja. Na escolha da diretoria, deve-se discriminar a quantidade de membros, suas funções e o tempo de governo da mesma. Geralmente, o Pastor da Igreja acumula a função de Presidente, tendo maior liberdade para resolver questões burocráticas.

Como fazer um Estatuto de uma Igreja Evangélica: Visto do Advogado

Por fim, para garantir que o Estatuto se enquadre em todos os requisitos e formalidades legais, o Estatuto da Igreja deve conter o visto de um Advogado, que é obrigatório para o registro do mesmo em cartório.

Precisa de ajuda?

Se você quer se aprofundar mais sobre a abertura de Igreja Evangélica, nós temos uma sugestão para você!
Por conta da procura que temos recebido sobre como abrir uma Igreja Evangélica, decidimos criar o Guia Definitivo: Como abrir uma Igreja Evangélica. Esperamos que goste!
 ABRIR IGREJA
Por se um processo burocrático e demorado, a Étika Soluções Consultoria Contábil pode te ajudar neste processo. Temos uma equipe capacitada para dar total assessoria no processo de criação do estatuto social de sua Igreja, evitando erros e demora na conclusão do processo.
Se você precisa regularizar a situação de uma Igreja Evangélica, ou possui qualquer dúvida, entre em contato conosco através dos seguintes telefones: [21] 2667-1431 / 2161-4272 / 98556-6260. Ou acesse – Fale conosco.
Marcelo Dias on FacebookMarcelo Dias on Linkedin
Marcelo Dias
Fundador do Contabilidade para Igrejas e sócio da Étika Soluções Consultoria Contábil
Cristão, Carioca, Formado em Redes de Computadores, mas apaixonado por Gestão e Futebol! Em 2011 me juntei à minha esposa na Étika Soluções Consultoria Contábil e em 2017 fundamos o Contabilidade para Igrejas, uma Assessoria Contábil especializada em Igrejas Evangélicas. Desde então, nos dedicamos a ajudar Igrejas Evangélicas a se manterem regularizadas.