Tenho o nome sujo, posso abrir uma igreja?

Por conta da crise vivida pelo nosso país no últimos anos, muitas pessoas tiveram dificuldades para manter sua contas em dia. Por isso, frequentemente pastores nos perguntam: estou com o nome sujo, negativado no SPC/SERASA, posso abrir uma igreja?

Estou com nome sujo, negativado no SPC/SERASA. Posso abrir uma igreja?

Se você ou qualquer membro da diretoria está com o nome negativado, não se preocupe. Você pode sim abrir uma igreja, pois para abrir um CNPJ, precisamos apenas ter o nosso CPF ativo e regular perante a receita federal.

Caso o seu CPF esteja irregular perante a receita federal, será necessário efetuar a regularização. Dentre os principais motivos de irregularidade, estão a ausência de entrega da declaração anual de imposto de renda, o cadastro incorreto ou desatualizado e a ausência de comparecimento ou de justificativa de falta nas eleições.

Nome sujo pode atrapalhar em alguma coisa?

Ainda sobre o nome sujo, o que pode acontecer é a igreja ter dificuldades para realizar a abertura de uma conta bancária, dependendo do banco escolhido e de sua política interna. Alguns bancos analisam a situação dos membros da diretoria junto ao SPC/Serasa antes de efetuar a abertura da conta.

Precisa de ajuda?

Se você quer se aprofundar mais sobre a abertura de Igreja Evangélica, nós temos uma sugestão para você! Baixe gratuitamente o Guia Definitivo: Como abrir uma Igreja Evangélica.
 ABRIR IGREJA
Se você precisa regularizar a situação de uma Igreja Evangélica, entre em contato conosco através dos seguintes telefones: [21] 2667-1431 / 98556-6260. Ou acesse – Fale conosco.
Marcelo Dias on FacebookMarcelo Dias on Linkedin
Marcelo Dias
Fundador do Contabilidade para Igrejas e sócio da Étika Soluções Consultoria Contábil
Cristão, Carioca, Formado em Redes de Computadores, mas apaixonado por Gestão e Futebol! Em 2011 me juntei à minha esposa na Étika Soluções Consultoria Contábil e em 2017 fundamos o Contabilidade para Igrejas, uma Assessoria Contábil especializada em Igrejas Evangélicas. Desde então, nos dedicamos a ajudar Igrejas Evangélicas a se manterem regularizadas.