Blog

O que acontece se a minha Igreja não declarar a RAIS?

RAIS 2018

Hoje, nós vamos falar sobre a RAIS (Relação Anual de Informações Sociais). Se você é responsável por um CNPJ, provavelmente já ouviu falar sobre essa declaração. Mas você sabe o que acontece se a sua Igreja não entregar a RAIS?

Neste artigo responderemos as seguintes perguntas:

  • O que é esta declaração?
  • Sua igreja precisa enviar esta declaração?
  • Qual o prazo de entrega?
  • Quais as consequências sua igreja poderá sofrer por não entregar a declaração?

Então confira neste artigo o que é e qual é o objetivo da entrega da RAIS pelas Igrejas Evangélicas.

O que é a RAIS?

A RAIS é uma declaração anual, que contém as principais informações sobre os empregados e empregadores do Brasil. Esta declaração contém todos os registros de atividades trabalhistas de uma instituição, como a existência ou não de funcionários registrados e os valores de salários pagos pela empresa.

Através da RAIS, o Ministério do Trabalho e Emprego consegue por exemplo, identificar os trabalhadores que tem direito ao abono salarial do PIS/PASEP e controlar todas as atividades trabalhistas do país. Portanto, a RAIS é uma declaração de grande importância.

Quem precisa declarar a RAIS?

Conforme mencionado acima, através da RAIS o Ministério do Trabalho obtém importantes informações empregatícias de todo o país. Por isso, todo estabelecimento que possui CNPJ é obrigado a entregar a declaração.

Embora a RAIS seja uma declaração que envolve basicamente informações trabalhistas, as Igrejas que não tenham tido empregados também estão obrigadas a enviar a declaração.

Portanto, se sua igreja teve empregados registrados no ano base da declaração, ela deverá declarar todas as informações referente aos empregados e suas ocorrências.

Se a sua igreja não registrou empregados no ano base da declaração, a mesma está obrigada a declarar uma RAIS negativa, informando a ausência de atividades trabalhistas na sua igreja.

Qual a data limite de entrega da declaração?

A RAIS é um formulário que deve ser entregue via internet. Por isso, sua entrega depende da liberação de um programa específico para envio. No ano de 2018, a declaração poderá ser entregue a partir do dia 23 de janeiro e sua data limite de entrega será no dia 23 de março.

Mas vale ressaltar que é sempre bom efetuar a entrega com antecedência, pois nos últimos dias de entrega, os servidores responsáveis pelo recebimento das informações ficam congestionados, gerando dificuldades para o cumprimento da obrigação.

O que acontece se a minha igreja não entregar a RAIS?

Caso sua igreja não efetue a entrega dentro do prazo, estará sujeita a uma multa a partir de R$ 425,00 (Quatrocentos e vinte e cinco reais), que poderá aumentar de acordo com o período de atraso e a quantidade de informações declaradas.

A ausência da entrega da declaração também pode impedir que o funcionário efetue o saque do benefício PIS/PASEP. Por isso, fique atento ao prazo e evite multas e problemas com funcionários.

Precisa de ajuda para regularizar sua Igreja?

Mesmo se tratando de uma entidade imune e isenta, alguns pastores desconhecem as obrigações de sua igreja como pessoa jurídica. Por isso, é de extrema importância contar com a ajuda de um escritório de contabilidade especializado em Igrejas Evangélicas, para que se evite problemas com multas.

Compartilhe este artigo!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
ABRIR IGREJA
TERMO DE TRABALHO VOLUNTARIO
Entre em contato

E-mail:
[email protected]

Telefones:
21 2667.1431 | Whatsapp - 21 98556-6260

Quero receber uma ligação