fbpx

Blog

Passo a passo de como fazer a gestão financeira de igrejas

Descubra agora como fazer a gestão financeira de igrejas

 Confira o nosso guia passo a passo de como fazer a gestão financeira de igrejas

A gestão financeira de uma igreja é um processo complexo, que exige planejamento e muita organização. Há diversos fatores a serem considerados, como as receitas e despesas da instituição, os investimentos necessários e os gastos com funcionários. 

Neste artigo, vamos listar 10 passos essenciais para uma gestão financeira bem-sucedida em igrejas, confira!

10 passos para a gestão financeira da sua igreja

A gestão financeira é uma área importantíssima para qualquer tipo de organização, e as igrejas não fogem à regra. 

É preciso ter cuidado com a administração dos recursos, pois o dinheiro pode fazer a diferença na sobrevivência da instituição.

1. Defina os objetivos financeiros da igreja

O primeiro passo para uma gestão financeira eficiente é definir os objetivos financeiros que a igreja deseja alcançar. 

Isso inclui o planejamento orçamentário, a gestão dos gastos e despesas, e o controle dos investimentos.

– O planejamento financeiro –  como o nome já diz é a base para toda gestão financeira. Ele permite que a igreja estabeleça metas e objetivos a serem alcançados em um determinado período de tempo, considerando todos os fatores relevantes, como as receitas, despesas e investimentos;

– A gestão dos gastos e despesas – é outro ponto crucial para uma boa gestão financeira da igreja. É importante monitorar os gastos com cuidado, a fim de economizar onde for possível e garantir que as receitas sejam aplicadas de forma eficiente;

– O controle dos investimentos – é outra área importante da gestão financeira de uma igreja. É preciso tomar cuidado com os investimentos, pois eles podem impactar significativamente o orçamento da igreja.

2. Elabore um orçamento anual

O segundo passo é elaborar um orçamento anual, que será o guia para as finanças da igreja ao longo do ano. Nesse documento, devem constar todas as receitas e despesas previstas, bem como os investimentos necessários.

3. Gerencie as receitas da igreja

Uma boa gestão das receitas é crucial para o sucesso financeiro da igreja. É importante fazer um levantamento das fontes de renda e controlar o fluxo de caixa para evitar surpresas desagradáveis.

Para isso, é importante:

  • Receber o dinheiro de forma eficiente: isso inclui o recebimento das contribuições e doações. Os membros da sua igreja têm prazer em contribuir? Eles sabem de todos os projetos que sua igreja patrocina? Apresentar para os membros um propósito vai fazer com que sua contribuição aumente e seja mais previsível.
  • Aplicar o dinheiro de forma eficiente: isso significa investir o dinheiro da igreja de forma cuidadosa, considerando todos os fatores relevantes. Neste ponto, é muito importante que os membros estejam de acordo com os investimentos feitos, para que possam continuar contribuindo, baseados em um propósito.

4. Gerencie as despesas da igreja

Assim como as receitas, as despesas também devem ser gerenciadas com cuidado. É importante ter controle sobre os gastos fixos e variáveis, bem como priorizar os investimentos mais importantes.

Para isso, é importante:

  • Monitorar os gastos: isso inclui acompanhar o fluxo de caixa e registrar todas as despesas;
  • Identificar os gastos supérfluos: é importante analisar se todos os gastos da igreja são realmente necessários e priorizar os mais importantes;
  • Negociar contratos: é importante negociar os contratos com fornecedores, de modo a garantir o melhor preço possível, bem como as melhores datas para pagamento. Por isso, antes de fechar um contrato, verifique qual período do mês sua igreja arrecada mais.

5. Controle o fluxo de caixa

O controle do fluxo de caixa é essencial para a gestão financeira de qualquer organização, inclusive das igrejas. Esse controle permite acompanhar as entradas e saídas de dinheiro, para que seja possível tomar decisões acertadas em relação aos recursos disponíveis.

Para isso, é importante:

  • Acompanhar o fluxo de caixa;
  • Registrar todas as entradas e saídas de dinheiro;
  • Controlar os gastos;
  • Monitorar os gastos para garantir que eles estejam dentro do orçamento previamente estabelecido;
  • Fazer um controle rigoroso: é importante ter um controle rígido sobre o fluxo de caixa, para evitar surpresas desagradáveis.

6. Faça um planejamento tributário

Outro ponto importante na gestão financeira das igrejas é o planejamento tributário.

Embora as igrejas sejam isentas do pagamento de impostos sobre sua arrecadação, isso não impede que a igreja seja tributada de outras formas.

Por isso, é preciso ficar atento aos impostos que incidem sobre a instituição e garantir que todos os pagamentos sejam realizados em dia.

Para isso, é importante:

  • Ficar atento aos impostos: é importante estar ciente dos impostos que incidem sobre a igreja e seus rendimentos;
  • Planejar os pagamentos: é importante fazer um planejamento dos pagamentos de impostos, a fim de evitar atrasos ou juros.

Mas quais impostos a igreja deve pagar? Ter esse conhecimento é muito importante, porque ainda que a igreja tenha natureza tributária imune, ela precisa pagar alguns impostos, como na retenção do imposto de renda na fonte, realizada no pagamento de salários, por exemplo. 

Para que você saiba mais sobre os impostos que a igreja deve pagar, confira o nosso artigo sobre o assunto, clicando aqui!

7. Invista no capital humano

Para que a gestão financeira seja bem-sucedida, é fundamental investir no capital humano. Isso significa contratar profissionais ou preparar pessoas qualificadas e preparadas para lidar com as finanças da igreja.

Para isso, é importante:

Contratar profissionais qualificados: é importante buscar por profissionais com formação e experiência na área financeira, para garantir a gestão adequada dos recursos da igreja;

Capacitar os profissionais: é importante oferecer treinamento e qualificação constantes aos profissionais que trabalham com as finanças da igreja, para garantir o melhor desempenho possível.

Caso sua Igreja não tenha condições de arcar com os custos de contratação de um funcionário para este fim, escolha um membro de confiança e capacite-o.

8. Tenha um controle adequado dos bens patrimoniais

As igrejas também precisam conhecer os bens que compõem o seu patrimônio e realizar o devido controle para evitar desperdícios e até mesmo problemas legais.

Com um efetivo controle patrimonial, será possível reduzir custos e fazer uma gestão financeira mais eficiente.

9. Garanta a transparência das finanças

A transparência é imprescindível para uma gestão financeira bem-sucedida. É importante que todos os membros da igreja tenham acesso às informações financeiras, para que possam acompanhar o andamento da gestão.

Para isso, é importante:

  • Manter os membros da igreja informados: é importante manter os membros da igreja a par das finanças da igreja, para que possam acompanhar o andamento da gestão;
  • Garantir a transparência das informações: é importante garantir que as informações financeiras sejam transparentes e de fácil acesso para todos os membros da igreja.

10. Tenha uma assessoria contábil especializada

Por fim, é importante contar com uma assessoria contábil especializada para a gestão financeira da igreja. Esses profissionais são especialistas no assunto e podem ajudar a garantir que as finanças sejam bem administradas.

Para isso, você pode contar com os nossos serviços e escolher um de nossos planos que mais se encaixe às necessidades da sua igreja!

Conte com a contabilidade para igrejas

Deixe os assuntos contábeis com quem é especialista no assunto e tenha a tranquilidade para se concentrar no que realmente importa: pregar o Evangelho!

Portanto, entre em contato com a nossa contabilidade para igrejas e mantenha a sua instituição saudável e organizada.

CLIQUE AQUI PARA FALAR COM OS NOSSOS ESPECIALISTAS!

Summary
Passo a passo de como fazer a gestão financeira de igrejas
Article Name
Passo a passo de como fazer a gestão financeira de igrejas
Description
Descubra agora como fazer a gestão financeira de igrejas. Continue a leitura conosco e esclareça suas dúvidas sobre o assunto!
Author
Publisher Name
contabilidadeparaigrejas
Publisher Logo

Compartilhe este artigo!

Facebook
WhatsApp
ABRIR IGREJA
TERMO DE TRABALHO VOLUNTARIO
Entre em contato

E-mail:
comercial@contabilidadeparaigrejas.com

Telefones: 21 2667.1431
Whatsapp - 21 96485.9647

Quero receber uma ligação