Igreja Regularizada: O que as Igrejas precisam enviar para o Contador?

 

Ter uma Igreja regularizada é o sonho de todo pastor, mas a falta de conhecimento sobre as obrigações de uma igreja tem deixado muitos perdidos e sem saber sobre como devem proceder. Um dos problemas é não saber quais documentos enviar para o contador.

Embora estejam enquadradas na qualidade de imunes e isentas, as Igrejas possuem diversas obrigações a cumprir! Não contar com uma assessoria contábil especializada provavelmente causará problemas para uma igreja. Dentre as diversas obrigações fiscais/contábeis que uma igreja possui, a principal é o envio mensal de documentos para o escritório de contabilidade.

Eu preciso enviar informações ao contador todos os meses?

O contador é responsável pela entrega de declarações, cálculos de impostos e a geração dos livros obrigatórios que mantém uma igreja regularizada e em dia com suas obrigações contábeisfiscais e trabalhistas. No entanto, é preciso que a igreja envie mensalmente toda a sua movimentação financeira para o escritório de contabilidade.

Apesar de todo pastor estar preocupado em fazer sua igreja crescer e alcançar pessoas através do Evangelho, muitos não possuem conhecimento sobre as obrigações fiscais e contábeis de uma Igreja. Geralmente, por falta deste conhecimento, acabam não dando a devida importância para as obrigações contábeis, fiscais e trabalhistas que mantém uma igreja regularizada.

Basta contratar um contador que manterei minha igreja regularizada?

Contratar um escritório de contabilidade especializado em Igrejas Evangélicas é o primeiro passo para evitar problemas junto ao FISCO. Contudo, para a execução de um bom serviço contábil, o escritório precisa receber informações sobre todas as operações da igreja rigorosamente em dia.

E é aí que entram as dificuldades enfrentadas pelo pastor para manter sua igreja regularizada, pois nem sempre os pastores possuem conhecimento sobre o que é necessário para enviar para o escritório de contabilidade.

Quais o papel do contador para manter uma igreja regularizada?

O contador é peça fundamental na regularização de uma igreja, pois as obrigações legais de uma igreja são enviadas pelo mesmo. São de responsabilidade do contador:

  • Calcular os valores de taxas e impostos;
  • Entregar obrigações acessórias destes impostos na data correta referente as áreas fiscal, contábil e trabalhista;
  • Elaborar livros e demonstrações contábeis.

Dentre as obrigações acessórias temos o ECD, ECF, DCTF e DIRF, além de as obrigações trabalhistas como a GFIP, CAGED e RAIS.

Qual o papel do Pastor/Tesoureiro para manter a Igreja Regularizada?

Cumprir com as obrigações contábeis não é fácil. Realizá-las com ausência de informações ou com informações incorretas se torna ainda mais complexo e perigoso! Enviar informações incorretas ou fora do prazo acarretam em multas para a Igreja.

Para que o contador execute um correto, é necessário que a igreja mantenha o envio da documentação rigorosamente em dia, sempre de forma completa e clara.

Quais documentos a Igreja deve enviar mensalmente para o escritório de Contabilidade?

A documentação a ser enviada ao contador todos os meses pode ser dividida em duas partes: Contábil e Trabalhista.

CONTÁBIL

O movimento contábil é composto por todos os documentos que envolvem toda a movimentação financeira da igreja, entradas e saídas.

Veja a lista:

  • Extratos: Bancários, de Aplicações e Cartões de Crédito;
  • Recibos: de Locação, de honorários, despesas diversas e contratos a pagar;
  • Comprovantes diversos: de despesas e de receitas;
  • Arquivos eletrônicos: extratos bancários em arquivos OFX e XML’s das notas fiscais.
  • Notas fiscais: De entrada, de serviços tomados e compra de bens para a Igreja;
  • Comprovantes de pagamentos dos impostos: como DARF de impostos pagos.

TRABALHISTA

Estes são todos os documentos que tenham como base a relação de trabalho. Veja a lista:

  • Guias de Impostos ou Contribuições: INSS, FGTS, Contribuição Sindical, etc.
  • Recibos de pagamento: Salários, Férias, Vale Transporte, etc;
  • Comprovantes: Atestados Médicos de Funcionários.

Essa documentação é essencial para o processamento da folha de pagamento e deve ser entregue no primeiro dia útil, a fim de evitar atrasos das obrigações trabalhistas.

Quais as consequências minha Igreja pode sofrer caso não cumpra com suas obrigações?

Constantemente recebemos pastores em nosso escritório que estão em situação extremamente complicada, recebendo multas por não cumprirem com suas obrigações junto a Receita Federal.

Infelizmente, as Igrejas que não estão em dia com esta obrigação estão tendo seus CNPJs declarados como INAPTOS. É extremamente importante que os pastores percebam que a contratação de um escritório de contabilidade não é algo opcional. As Igrejas possuem obrigações e o não cumprimento pode gerar sérios problemas, como multas e até a baixa do CNPJ.


Quer regularizar uma Igreja Evangélica?

Se você precisa regularizar uma Igreja Evangélica, não deixe de ler o nosso Guia definitivo – Como abrir uma Igreja Evangélica. Nele, você vai se aprofundar mais no assunto e se preparar para organizar sua igreja. E melhor, o Guia é grátis!

abrir igreja baixe ja gratis

Marcelo Dias on FacebookMarcelo Dias on Linkedin
Marcelo Dias
Fundador do Contabilidade para Igrejas e sócio da Étika Soluções Consultoria Contábil
Cristão, Carioca, Formado em Redes de Computadores, mas apaixonado por Gestão e Futebol! Em 2011 me juntei à minha esposa na Étika Soluções Consultoria Contábil e em 2017 fundamos o Contabilidade para Igrejas, uma Assessoria Contábil especializada em Igrejas Evangélicas. Desde então, nos dedicamos a ajudar Igrejas Evangélicas a se manterem regularizadas.
Copyright © 2019 Contabilidade para Igrejas